Maratona de Inovação apoiada pela Fapitec Sergipe é sediada no Alto Sertão Sergipano

Projeto contemplado pelo Programa de Apoio à Realização de Hackathons contou com a participação de mais de 80 alunos da rede estadual de ensino

Durante o último fim de semana o município de Canindé de São Francisco, localizado no Alto Sertão Sergipano, foi palco de uma maratona de inovação apoiada pelo Governo do Estado por meio da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec/SE) através da execução do Programa de Apoio à Realização de Hackathons. O evento realizado no Centro de Excelência Dom Juvêncio de Britto em parceria com o Hub Xingó de Inovação, contou com a participação de mais de 80 alunos da rede estadual de ensino das cidades sergipanas de Poço Redondo, Monte Alegre de Sergipe e Nossa Senhora da Glória e Canindé.

Respondendo ao desafio de “estruturar negócios de impacto alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU”, as 12 equipes formadas pelos estudantes trabalharam intensamente por 52h na construção de um modelo de negócio com potencial de resolver dores da sociedade e gerar impacto no desenvolvimento da região. A competição teve início na sexta-feira (08) e teve sua finalização no domingo (10).

De acordo com o coordenador do projeto, Denisson Salustiano, os participantes tiveram a oportunidade de receberem mentorias coletivas e individuais ministradas por profissionais da área, que foram desde a definição da problemática, passando pela construção de soluções, até a elaboração de estratégias de vendas. “O hackathon contou com uma equipe de mentores gabaritada, formada por profissionais de Alagoas e Sergipe, que conduziram os competidores até o pitch final, e teve também muita descontração com jogos, música, massagista e acompanhamento psicológico para aliviar as tensões”, explicou.

A disputa teve como campeões as equipes Agrosapiens (1º lugar) e Autech (2º lugar) do Centro de Excelência Dom Juvêncio de Britto em Canindé, e a Biotecpalm (3º), do Centro de Excelência 28 de Janeiro em Monte Alegre. As equipes receberam premiação em dinheiro nos valores de R$ 5 mil, R$2,5 e R$1,5 mil, respectivamente.

“A promoção da cultura de inovação no estado perpassa a execução de projetos que envolvam a participação dos nossos jovens. Programas como o Hackathon contribui diretamente na formação de novos jovens empreendedores capazes de gerar negócios de sucesso”, salientou o diretor presidente da Fapitec/SE, Alex Garcez.

Parceiros

Última atualização: 15 de março de 2024 10:21.

Pular para o conteúdo