Governo realiza entrega do XI Prêmio João Ribeiro de Divulgação Científica e Inovação Tecnológica e presta homenagens a parceiros

Durante a cerimônia, o governador anunciou reajuste das bolsas de estudo e pesquisa da Fapitec/SE

Com o propósito de reconhecer e incentivar pesquisas que contribuem para o desenvolvimento científico, tecnológico e da inovação em Sergipe, o Governo do Estado realizou o evento de premiação dos contemplados no XI Prêmio João Ribeiro de Divulgação Científica e Inovação Tecnológica, no auditório do Senac Sergipe, na manhã desta sexta-feira, 4 de agosto. Foram agraciados 18 profissionais, entre pesquisadores, profissionais de comunicação e empresa inovadora através do edital nº 11/2022 da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec/SE), vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec).

Os beneficiados receberam prêmios em dinheiro e placas de reconhecimento pelo trabalho desenvolvido. Entre as categorias agraciadas com a honraria estavam: Pesquisador Destaque; Pesquisador Inovador; Jovem Cientista; Profissionais de Comunicação; e Empresa Inovadora. Na ocasião, foram feitas também homenagens a instituições e personalidades que contribuem para a pesquisa e inovação em Sergipe.

Reajuste das bolsas

O governador Fábio Mitidieri destacou a importância do Prêmio João Ribeiro para homenagear profissionais que contribuem para o desenvolvimento tecnológico, e anunciou o reajuste do valor das bolsas de pesquisa da Fapitec. “A partir de agosto,  todos os acordos e editais vinculados ao Funtec serão equiparados aos valores do Governo Federal. Esse reajuste demonstra o compromisso com a ciência e tecnologia sergipana, valoriza as pesquisas e os estudantes, e dá um pouco mais de dignidade e conforto àqueles que contribuem para o desenvolvimento de Sergipe”, afirmou.

O papel da Fapitec foi destacado pelo secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), Valmor Barbosa. “Através de recursos do Governo do Estado, em parceria com o Governo Federal, a Fapitec promove editais em diversos segmentos nas áreas da Ciência e Tecnologia, para que alunos, professores e acadêmicos possam realizar pesquisas e para que, no futuro próximo, tenhamos resultados benéficos para toda sociedade sergipana”, pontuou Valmor Barbosa. 

Já o presidente da Fapitec/SE, Alex Garcez, ressaltou a honra de poder realizar a 11ª edição do Prêmio João Ribeiro, momento que homenageia profissionais dedicados a estudar e promover a evolução da Ciência, da Tecnologia e da Inovação em Sergipe. “É através do Prêmio que reconhecemos e incentivamos os esforços incansáveis dos pesquisadores, comunicadores e das instituições que contribuem para o progresso científico e tecnológico de Sergipe”, agradeceu Alex Garcez.

O pró-reitor de Pós-Graduação e Pesquisa da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Lucindo José Quintans Junior, parabenizou o Governo do Estado e a Fapitec pela realização do prêmio e destacou o anúncio do reajuste das bolsas de pesquisa. “O prêmio João Ribeiro é uma oportunidade de valorizar a ciência que é desenvolvida em nosso estado e também as pessoas que fazem ciência, em diversas áreas do conhecimento, principalmente valorizando as pesquisas que trabalham na fronteira do conhecimento. Destaco também a equiparação das bolsas que pagam nossos pesquisadores para os valores das agências nacionais. Isso é um avanço para o nosso estado, isso valoriza a pesquisa”, pontuou.

Contemplados

Um dos premiados desta edição, Denison Salustiano, recebeu a honraria na categoria Pesquisador Inovador, com o projeto “Aquallufa”. “É um prazer imenso ter esse reconhecimento no Estado. Nós já apresentamos nossa tecnologia na Conferência das Partes (COP), da ONU, e hoje servimos de inspiração para os iniciadores científicos, pesquisadores e empreendedores do ecossistema de inovação”, afirmou. A Aquallufa é uma startup que desenvolve material sustentável para a descontaminação de água, tanto para indústria como também para consumo humano.

Na categoria Pesquisador Inovador, além de Denisson Santos, também foi premiado o pesquisador Welington Gonzaga do Vale. Já na categoria Pesquisador Destaque, foram contemplados: Silvio Santana Dolabella, Divanizia do Nascimento Souza e Janaina Cardoso de Mello. Na categoria Jovem Cientista, foram premiados: Natália Almeida Frota Santos, Gabrielle Barrozo Novais, Thayane Santos Siqueira, Gisele Mendes Batista, Sara Suely Ventura da Silva Lima, Robertta Jussara Rodrigues Santana, Alexsandra Sotero Cruz, Maria Kaelly de Jesus Santana e Anne Gabriela de Freitas Almeida. Na categoria Profissional de Comunicação, foram contemplados Osmar Rios Oliveira, Josafá Bonifácio da Silva Neto e Juliana Correia Almeida. Por fim, na categoria Empresa Inovadora, recebeu a premiação o empresário Victor Paim.

Homenagens

Durante o evento algumas pessoas e instituições foram homenageadas em função de sua contribuição em prol da ciência, tecnologia e inovação em Sergipe: o Governo do Estado de Sergipe; as Secretarias de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia (Sedetec) e da Educação e Cultura (Seduc); a Embrapa Tabuleiros Costeiros; o Instituto Federal de Sergipe (IFS); a Universidade Tiradentes (Unit) e a Universidade Federal de Sergipe (UFS); o senador Laércio Oliveira; além do sergipano João Ribeiro (in memorian) que dá nome ao prêmio.

Foto: Erick O’Hara/Secom

Parceiros

Última atualização: 4 de agosto de 2023 13:00.

Pular para o conteúdo