Governador anuncia reajuste das bolsas de auxílio à pesquisa vinculadas ao Funtec

Fundo Estadual beneficia centenas de estudantes que realizam pesquisa em Sergipe

Fonte: Secom Sergipe

Foto: Divulgação/SEDUC

O governador Fábio Mitidieri anunciou na terça-feira, 28, o reajuste das bolsas de estudo e pesquisa da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec), financiadas pelo Fundo Estadual para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funtec). O reajuste poderá variar entre 25% e 100%. A medida passa a valer a partir deste mês de março.

A demanda vinha sendo estudada pelos gestores  da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia (Sedetec), gestora da Funtec, e pela equipe da Fapitec, desde o reajuste anunciado, em meados de fevereiro, pelo Governo Federal para bolsas vinculadas à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

O governador Fábio Mitidieri reforçou a importância do Fundo no fomento à ciência e Tecnologia no estado. “Estamos promovendo um reajuste, assim como o Governo Federal, e beneficiaremos milhares de estudantes e pesquisadores, reforçando nosso compromisso com a ciência e tecnologia em Sergipe”, pontuou.

De acordo com o secretário do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia,  Valmor Barbosa, o aumento acontece após dez anos do último reajuste. “A nossa missão é repassar os recursos financeiros oriundos do Fundo Estadual para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funtec) para os programas que são disponibilizados pela Fapitec. Assim, por meio do nosso Fundo, o Governo do Estado, juntamente com a Sedetec, buscará mais e melhores oportunidades para os pesquisadores sergipanos”, disse.

O presidente da Fapitec, Alex Garcez, ressaltou a sensibilidade e o interesse do Governo de Sergipe em promover, diante das possibilidades financeiras, o reajuste para os bolsistas. “Acompanhamos a demanda junto aos estudantes e pesquisadores e buscamos encontrar uma alternativa que fosse viável para Sergipe”.

Parceiros

Última atualização: 1 de março de 2023 11:15.

Pular para o conteúdo