Fapitec comemora 18 anos de história

Em quase duas décadas, fundação celebra novos rumos e avanços significativos

Texto:  Kátia Azevedo

Bolsista DTI-3/FAPITEC/SE/FUNTEC/Edital Nº1/2022/ Projeto Boletim Fapitec Ciência/ Programa de Comunicação Científica e Tecnológica (PROCIT)

Instituída pela Lei nº 5.771 de 13 de dezembro de 2005, a Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec/SE), completa esta semana 18 anos de história, promovendo o apoio e o desenvolvimento da pesquisa científica e inovação tecnológica. Para celebrar a data com servidores e parceiros, na manhã da próxima sexta-feira, 15 de dezembro, a fundação realiza uma comemoração especial no auditório da Codise.

O diretor-presidente da Fapitec, Alex Cavalcante Garcez, celebra a data destacando que em quase duas décadas de atuação, a instituição contribui para o desenvolvimento do estado através da gestão da ciência, pesquisa, inovação tecnológica e empreendedorismo. Ele lembra que o foco da fundação é maximizar as potencialidades locais com desenvolvimento social e econômico de Sergipe, fato muito presente este ano.

“Comemoramos novos rumos com avanços significativos da política de profissionalização da gestão administrativa, e continuidade e fortalecimento das ações internas e externas da instituição. Iniciamos a implantação de uma gestão sustentada num planejamento de diretrizes estratégicas, com reformulação das nossas ações, com resultados exitosos, experiências e conhecimentos acumulados, aprendizado e maturidade institucional”, destaca.  “Dentro do nosso planejamento do estatuto lançamos e retomamos neste ano vários editais; iniciamos o processo de interiorização e reestruturação de equipe para melhoria das condições dos trabalhos técnicos que prezem pela proatividade das ações da fundação”, exemplifica.

Sobre o próximo ano, Alex Garcez afirma que a fundação tem a pretensão de lançar mais editais como o do Tecnova 3, com alcance socioeconômico relevante para a oferta de serviços em Sergipe. “Neste processo também queremos avançar e fortalecer as parcerias com organismos do Estado, instituições de pesquisa e o meio acadêmico, lembrando que a Fapitec tem desempenhado um importante papel de  interlocução com a comunidade acadêmica, com fornecedores e na busca para melhorar as parcerias para alavancar ações da ciência, inovação, tecnologia e pesquisa em nosso estado”, acrescenta.

Mudanças administrativas

A Fapitec/SE é uma fundação pública dotada de personalidade jurídica de direito público, com patrimônio, receita e quadro de pessoal próprio, bem como com autonomia administrativa, patrimonial e financeira, integrante da administração estadual indireta, do Poder Executivo do Estado de Sergipe. A instituição é vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec). O secretário da Sedetec, Valmor Barbosa, ressalta a função da entidade e a sua importância para o desenvolvimento socioeconômico de Sergipe.

Secretário da Sedetec Valmor Barbosa (FOTO: IGOR MATIAS)
Secretário da Sedetec Valmor Barbosa
(Foto: Igor Matias)

“Quero parabenizar a Fapitec por completar 18 anos de existência. A Fundação tem um papel relevante para a comunidade científica, estudantes, professores e todos aqueles que trabalham com pesquisa. A ciência e inovação são fundamentais para o progresso da nossa região. Desejo que a Fundação continue a fomentar o avanço do conhecimento e que possamos colher os frutos de tantos esforços com o desenvolvimento do nosso estado”, completa Valmor Barbosa.

Histórico

A criação da Fapitec/SE se deu com a extinção da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Sergipe (Fap-SE), passando a realizar as ações de fomento e modelo de gestão estratégica, voltadas para o desenvolvimento da ciência e tecnologia, especialmente focado na inovação tecnológica.

A partir de 2004, a fundação passou a ser vinculada a então Secretaria de Estado da Indústria, do Comércio e da Ciência e Tecnologia (SEICTEC), hoje Sedetec, através da Lei 5.511, de 28 de Dezembro de 2004.A nova medida autorizava a extinção da Diretoria de Apoio e Desenvolvimento (DIRAD), na época unidade da administração direta do Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS), ficando a competência, as atividades e as atribuições da DIRAD, com a sua desativação, a cargo da Fapitec.

Outro ato administrativo importante para o funcionamento da fundação se deu através da Lei nº 5.773 de 12 de dezembro de 2005 que deu nova redação ao Fundo Estadual para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNTEC), estabelecendo no artigo 5º, entre outras providências, que “a gestão do FUNTEC deve ser exercida pelo Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia (CONCIT), órgão colegiado vinculado a então Secretaria de Estado da Indústria, do Comércio, da Ciência e Tecnologia (SEICTEC), regido por legislação própria, que especificamente lhe estabelece a organização, finalidade, composição, competência e normas gerais de funcionamento”.

A instituição também ocupa espaços importantes de articulação no campo científico, sendo uma das 27 Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP).

SONY DSC

Parceiros

Última atualização: 11 de dezembro de 2023 11:40.

Pular para o conteúdo